Vendas: o combustível de qualquer negócio

 / 10.05.2022

Pode parecer óbvio, mas é preciso relembrar com frequência que vendas são o combustível de qualquer negócio. Nos últimos anos, temos visto o crescimento dos investimentos massivos em startups, com cifras impressionantes. Muitas delas, que nunca deram 1 real de lucro ou que ainda não tem volumes grandes de vendas.

Diante deste cenário, não faz mal lembrar que vender permanece como o core de qualquer negócio.

Converso com diversos fundadores de startups e é interessante ver que as que crescem mais rápido e com mais visão de longo prazo são aquelas em que os fundadores tem uma obsessão por vender mais. Apesar de importante, esta é uma habilidade muitas vezes subestimada por fundadores.

Vender não é uma atividade revestida de glamour. E é até mal visto muitas vezes. Dizer que alguém é um bom vendedor, não raro, é utilizado de forma pejorativa, negativa. Nada poderia estar mais longe da realidade.

O foco de qualquer fundador começando um negócio deve ser vendas.

Vendas, vendas, vendas. Alguns fundadores se apegam demais ao produto. À estratégia. Aos investimentos. Aos títulos vazios. O foco deve ser em vender e, assim, dar oxigenação ao negócio.

Vender não é apenas importante para o negócio em si. A habilidade de vendas é importante para nós como profissionais no geral.

Estamos vendendo a todo tempo, seja no trabalho, seja no ambiente familiar, seja em uma conversa com amigos. Precisamos nos fazer ser ouvidos, entendidos, convencer as pessoas sobre aquilo que queremos.

Vender também nos traz resiliência, pois não importa o quão bom seja o seu produto, a verdade é que você irá ouvir muito mais “nãos” do que “sims”.

Aprendendo a ouvir negativas, vemos que um “não” não é o fim do mundo e que a cada um deles, ficamos mais fortes e entendemos melhor, não apenas sobre o nosso produto, mas sobre o que os clientes realmente querem.

Este é um outro ponto fundamental sobre vendas: estar em contato direto com os clientes, ouvindo como eles reagem às nossas ofertas, nos faz entender suas dores e aspirações, o que é muito importante para que possamos construir serviços e produtos melhores.

Se você é um fundador iniciante, ainda nos primeiros momentos de empresa, trace 3 prioridades para o seu negócio: vendas, vendas e vendas. Elas te farão entender melhor o mercado e trarão dinheiro para dentro do negócio, o que, em tempos de liquidez quase infinita, parece não ser mais uma necessidade para os negócios – o que sabemos que não é verdade.

E mesmo que você seja um fundador já mais experiente, é sempre bom revisitar estes princípios. Eu sei como é fácil nos deslumbrarmos com o sucesso e, por vezes, não darmos a atenção devida a como os nossos processos de vendas estão funcionando. Este é um erro que nenhum empreendedor pode se dar ao luxo de cometer.

Ver Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Allan Costa
(41) 99878-5055
contato@allancosta.com