O método de aprendizado que mudou minha carreira

 / 26.10.2021

Em um mundo de mudanças tão constantes e tão rápidas, aquilo que aprendemos há poucos anos pode se tornar irrelevante em muito pouco tempo.

Otimizar nosso processo de aprendizado é uma habilidade extremamente valiosa. Aprender a aprender é uma das competências mais valiosas deste século. Em um mundo de mudanças tão constantes e tão rápidas, aquilo que aprendemos há poucos anos pode se tornar irrelevante em muito pouco tempo.

Este é um assunto sobre o qual vejo poucos colegas conversarem: como melhorar nossa habilidade de aprender. Se tivermos o poder de criar hábitos e desenvolvermos a nossa habilidade de aprendizado, nos tornamos profissionais dezenas de vezes mais valiosos.

Vamos voltar dez anos no tempo.

Boa parte das ferramentas que usamos hoje em dia não existiam. Em menos de uma década elas mudaram a forma como nos relacionamos e como as empresas fazem negócios. Isso exige adaptabilidade. A adaptabilidade exige a capacidade de aprender, desaprender, aprender novamente e assim por diante.

Ao longo das últimas décadas este foi um assunto que me fascinou. E desenvolvi alguns métodos para que pudesse me adaptar da melhor forma possível às diversas mudanças de carreira que fiz ao longo dos anos.

Você talvez já tenha ouvido essa: uma das melhores formas de aprender é ensinando.

Pode soar clichê, mas é verdade. E o ato de ensinar não precisa necessariamente estar ligado ao lado acadêmico. Escrever um artigo ou gravar um vídeo sobre o que você tem aprendido é uma ótima forma de clarear as ideias e focar no que realmente importa.

Um segundo ponto que fez toda diferença para mim foi: aprender com quem REALMENTE já fez aquilo na prática.

Sempre utilizo esse exemplo nas minhas palestras: se você decidir escalar o Everest, você vai contratar para te ajudar um Sherpa que nasceu naquela região e já escalou a montanha várias vezes, ou o entendido de boutique, que leu todos os livros sobre como escalar o Everest mas nunca colocou os pés lá em cima? Acho que a resposta é óbvia.

Por fim, uma outra maneira de otimizar seu aprendizado é usar projetos paralelos ao seu favor.

Quando estamos aprendendo uma habilidade nova é comum querermos postergar o uso delas por não nos acharmos bons o suficiente. Isso é o que acontece com quem está aprendendo uma outra língua, por exemplo. A verdade é que uma das melhores formas de acelerar o aprendizado é praticando.

Colocar em prática o mais rápido possível, com a humildade de sabermos que não seremos necessariamente “ótimos” e com a perseverança para aprendermos cada vez mais e mais.

Uma das melhores formas de fazermos isso é através de projetos paralelos, como mencionei acima. Ao invés de querer colocar em prática a habilidade que você vem estudando no seu trabalho cotidiano – o que pode ser muito mais complicado, já que trabalhamos com clientes, parceiros, devemos satisfação ao chefe e assim por diante – comece criando maneiras de colocar em prática através de projetos paralelos, aqueles que você toca enquanto não está trabalhando.

Diminua as expectativas, reduza a ansiedade e aproveite o processo!

Isso é fundamental e seguramente vai fazer você ganhar tempo e eficiência no tão necessário processo de aprendizado contínuo.

Ver Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Allan Costa
(41) 99878-5055
contato@allancosta.com