Jogos: o mercado bilionário que ainda é ignorado pela maioria

 / 06.07.2021

Seja como oportunidade de carreira ou de negócio, não pense que jogos são brincadeira de criança. Esta indústria é hoje uma das mais inovadoras e promissoras para esta década.

O que você diria de uma indústria que possui números como esses: 200 bilhões de dólares em valor de mercado até 2023; bilhões (isso, com “b”) de usuários de todas as faixas etárias e oriundos de todos os países do mundo; um mercado maior do que as indústrias de cinema e música, juntas.

Se você ainda não percebeu, estou falando do mercado de jogos.

Boa parte das pessoas com as quais converso não faz a mínima ideia do quão grande e impactante é este mercado. A maioria delas ainda tem na cabeça aquele estereótipo do gamer de décadas atrás: o nerd anti social que passa o dia trancado no quarto jogando.

Esta é uma visão ultrapassada e que só tem feito profissionais e empresas perderem grandes oportunidades.

O mercado de jogos é hoje tão grande quanto diversificado.

Existem adultos, crianças, jogadores de PCs, consoles (como o playstation) e mobile, jogadores que buscam sempre experiências gratuitas, enquanto outros que estão dispostos a gastar milhares de reais para ter itens exclusivos. Existem jogadores aficionados por títulos específicos e que sabem todas as nuances dos mundos criados pelos desenvolvedores, enquanto existem outros que jogam apenas para passar o tempo.

Mesmo sendo um mercado com números tão impactantes, o mercado de jogos ainda é ignorado por muita gente. Há poucos anos algumas marcas começaram a olhar melhor para este mundo, mas ainda podemos dizer que existem diversas oportunidades ainda não exploradas. Outro dado que pode chamar sua atenção: estima-se que em Agosto de 2020 existiam 3.1 bilhões de pessoas consumindo conteúdos relacionados a jogos, algo como 40% da população mundial.

Além da dimensão contida nos números e oportunidades que já mencionei, esse é um mercado onde não apenas as pessoas jogam, mas também assistem a outras pessoas jogarem. Daí o sucesso estrondoso da categoria de games no YouTube ou de plataformas como a Twitch, onde milhões de pessoas se reúnem para assistir transmissões ao vivo de jogos de seus criadores preferidos.

Se você ignorou a indústria de jogos até aqui, recomendo que comece a prestar mais atenção a ela.

Obviamente esta é um texto rápido e existem muitas nuances as quais eu poderia comentar, como os e-sports, por exemplo. Ou então as gigantes globais de jogos mobile que pouca gente conhece, como a russa Playrix ou a brasileira Wildlife. Ou ainda a Roblox, uma plataforma onde qualquer pessoa pode criar seus próprios jogos, um sucesso entre o público infantil e pré-adolescente que abriu seu capital nos Estados Unidos este ano e que hoje vale quase 50 bilhões de dólares.

Seja como oportunidade de carreira ou de negócio, não pense que jogos são brincadeira de criança. Esta indústria é hoje uma das mais inovadoras e promissoras para esta década.

Ver Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Allan Costa
(41) 99878-5055
contato@allancosta.com