O legado de Tony Hsieh

 / 01.12.2020

Essa semana o mundo dos negócios foi pego de surpresa com a notícia da morte de Tony Hsieh, ex-CEO da Zappos.com, uma das empresas pioneiras no e-commerce mundial.

Hsieh foi, sem dúvidas, um dos empreendedores mais importantes das últimas décadas. Tive a sorte de conhecê-lo em 2010, em Harvard. Ele foi um dos ex-alunos convidados para falar com a nossa turma, durante os dois meses em que lá estive. Na época, havia acabado de vender sua participação na Zappos para a Amazon e seu livro, Delivering Happiness, tinha sido lançado há pouco tempo.

Filho de imigrantes vindos de Taiwan, Hsieh se formou em Ciência da Computação em Harvard e, logo após se formar, foi trabalhar na Oracle. O emprego na gigante da tecnologia durou pouco. A vontade de empreender fez Hsieh largar o emprego para fundar a LinkExchange, uma empresa que permitia que empresas anunciassem seus sites em uma rede de sites parceiros, por meio de banners. Menos de três anos depois, vendeu a LinkExchange para a Microsoft por 285 milhões de dólares. E fundou a Venture Frogs, uma companhia de investimentos, junto com o amigo de longa data, Alfred Lin.

Apesar do imenso sucesso com os negócios anteriores, o grande legado de Hsieh provavelmente está ligado a um negócio investido por ele em 1999: a Zappos. O fundador Nick Swinmurn se aproximou de Alfred Lin e Tony Hsieh com uma proposta um tanto inusitada. Queria vender sapatos e tênis online. Hoje, pode parecer pouco inventivo, mas a ideia não era nada óbvia no ano de 1999.

Hsieh decidiu apostar e se tornou CEO da Zappos, posição que ocupou até agosto deste ano. A liderança do empreendedor produziu resultados impressionantes. Em 2009, o faturamento foi de 1 bilhão de dólares e a empresa foi vendida para a Amazon por 1,2 bilhão de dólares.

Além disso, Hsieh ajudou a criar uma cultura focada na satisfação do cliente. São famosas as histórias dentro da Zappos. Entre elas, a da funcionária que permaneceu 10 horas com uma cliente por telefone.

Hsieh também ficou conhecido pelo Downtown Project, projeto que investiu 350 milhões de dólares na revitalização de diversas partes de Las Vegas. E pelo fato curioso de que vivia em um trailer, apesar da fortuna avaliada em centenas de milhões de dólares.

Tony Hsieh lançou, em 2010, o livro Delivering Happiness, traduzido como Satisfação Garantida, que traz lições valiosas sobre a construção de uma cultura empresarial poderosa e perene, vindas de quem percorreu esses caminhos ao longo de décadas.

A memória que guardo de Tony Hsieh é de um jovem autenticamente apaixonado pelo que falava, com brutal coerência no discurso e nas atitudes, e que pregava com fervor a ideia de pessoas como centro de tudo. Não é por acaso que, muito antes de virar moda essa coisa de falar que inovação depende de pessoas, esse já era um dos meus mantras.

Entre tantos outros aprendizados, talvez esse tenha sido o maior legado que Harvard me proporcionou. E Tony Hsieh, sem dúvida, teve grande responsabilidade por isso.

Ver Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Allan Costa
(41) 99878-5055
contato@allancosta.com