Algumas verdades sobre Liderança

 / 16.12.2019

Hoje gostaria de compartilhar uma das premissas mais poderosas que já aprendi no mundo dos negócios. Na verdade, ela vale não apenas para a sua empresa ou carreira, mas também para a vida.

Os americanos têm uma expressão conhecida como Lead by example, algo como “Lidere pelo exemplo”, se formos traduzir para o português. Perceba que são apenas 3 palavras, mas para mim, elas carregam um significado poderoso..

Você provavelmente já se deparou com chefes ou colegas de trabalho que possuem muito discurso, mas que, na prática, têm posturas e atitudes muito diferentes daquilo que é pregado. Todos nós já conhecemos pessoas assim.

Para mim, a “liderança pelo exemplo” não é apenas uma forma mais poderosa de liderança. Ela é premissa para que a liderança se estabeleça de maneira efetiva.

Liderança, diferente do que muitas pessoas pensam, não tem a ver com cargos ou com status.

Alguém “abaixo na hierarquia” pode ser um líder muito melhor do que o profissional acima de todos no organograma da empresa. A liderança é muito mais do que discursos inspiradores em cima de um palco ou durante a reunião semanal. A liderança é uma constante. Um hábito.

Por isso acredito tanto na premissa do Lead by example. Um líder será o primeiro a arregaçar as mangas e fazer o que precisa ser feito, ao invés de reclamar ou culpar alguém. Ele deve ser capaz de transitar na linha tênue entre cobrar por resultados e inspirar aqueles que estão ao seu redor.

E perceba que aqui utilizei a palavra “redor”, não “abaixo”. É comum confundirmos liderança com chefia, por exemplo. O líder é como o centro de um ecossistema. O guia central para todos aqueles que estão ao seu redor. É um erro pensarmos no líder simplesmente como alguém que está acima de alguém.

A premissa do Lead by example está diretamente ligada ao seu nome: Lidere pelo exemplo. É fácil falar frases bonitas e impactantes. É fácil demandar tarefas. É fácil querer que os funcionários ou colegas adotem uma determinada postura no trabalho.

Precisamos parar de achar que liderança tem a ver com posições hierárquicas ou status. E isso vale não apenas para o mundo dos negócios, mas para a política, para a educação, para nossas relações com outros profissionais e outras pessoas.

Um líder é alguém que leva o walk the talk ao extremo. Essa expressão em inglês significa fazer aquilo que é falado. Você já se deparou com alguma pessoa com um belo discurso, mas que não pratica tudo aquilo que se fala? Isso é o contrário do walk the talk.

Acredito fortemente que todos nós possuímos características de líderes. Alguns mais, outros menos. Saber ouvir. Saber quando tomar ação. Inspirar os outros a continuar. Colocar em prática aquilo que está no discurso. Essas habilidades não só podem como devem ser desenvolvidas por todos nós.

O mundo precisa de mais líderes. Protagonistas quem chamem para si a responsabilidade de mudar os contextos nos quais estão inseridos. Que dão a cara a tapa. Estamos no meio de uma grande transição e tenha certeza que você tem muita sorte de viver esse momento.

Uma transição de um mundo de chefes para um mundo que necessita, cada vez mais, de líderes.

Ver Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Allan Costa
(41) 99878-5055
contato@allancosta.com